Música

Sabe quem é Josh Freeze?

Publicado em Atualizado em

Fez parte dos Vandals, dos A Perfect Circle, tocou e gravou com Paul Westerberg, Suicidal Tendencies e Guns and Roses, entre tantos outros. Desde 2000 que Josh Freese, baterista, se dedicou a uma carreira a solo. E pouco mais haveria para dizer não fosse a oferta que propõe, agora que se prepara para lançar o seu segundo álbum.

Por sete dólares, pode apenas fazer download de todas as faixas de “Since 1972” e de três vídeos. Mas por setenta e cinco mil dólares (a mais cara das 11 edições especiais) tem direito a um CD|DVD autografado, uma t-shirt, ir em digressão durante uns dias, ter um EP de cinco canções dedicado a si e à sua vida composto, gravado e editado por Josh Freese, levar para casa uma das suas baterias, conduzir o seu Lamborgini, e mais um número interminável de outras experiências.

Como diria David Ogilvy “Don’t count the people you reach, reach the people who count”. Ou seja, mais que contar muitos fãs, importa ter fãs com uma grande conta.

Se estiver interessado, clique aqui.. No site oficial do músico, pode ficar a par de todas as opções e fazer a sua encomenda.

Anúncios

Música no iTunes, a popularidade paga-se

Publicado em

apple

 

Do preço único por canção, 99 cêntimos, o iTunes vai evoluir para três escalões: 0,69, 0,99 e 1,69 (será assim em dólares, assume-se que o valor se manterá em euros). O custo de cada download vai depender da popularidade da canção. É uma reivindicação antiga da indústria discográfica que vai passar poder cobrar mais pelos maiores êxitos. A notícia foi divulgada esta semana durante a Macworld Expo.

Os Guns n’ Roses bebem Dr. Pepper?

Publicado em Atualizado em

Faltam 16 dias. Se os Guns n’ Roses cumprirem o prometido, novo álbum “Chinese Democracy” será editado no dia 23 de Novembro. Demorou 12 anos a gravar e custou 13 milhões de dólares, o que o torna no álbum mais caro de sempre. Pode acompanhar a contagem decrescente e ouvir alguns excertos aqui.

Mas há muito mais dinheiro envolvido. Para ser preciso, 165 milhões. Ou seja, o custo de 300 milhões de latas de Dr Pepper. Isto porque em Março deste ano a marca da Cadbury Schweppes prometeu oferecer uma lata do refrigerante a cada americano se o álbum fosse realmente editado antes do final do ano. E o prometido é devido. Ou mais ou menos.

Com a edição eminente de “Chinese Democracy”, a Dr. Pepper viu-se forçada a improvisar. Anunciou que vai manter a palavra mas limitando a promoção no tempo: irá durar apenas 24 horas e, para aceder à oferta, no dia em que o álbum for editado quem quiser terá de se registar no site da Dr. Pepper e aí redimir o cupão.

A montra virtual da Amazon

Publicado em Atualizado em

Chama-se Windowshop e é uma nova ferramenta que a Amazon acaba de lançar. Na prática trata-se de uma forma de pesquisa visual dos produtos mais vendidos, com apoio de conteúdos áudio e vídeo. “Lose Yourself in Amazon Bestsellers” é este convite à acção.

I want my MTV

Publicado em Atualizado em

Inspirada no êxito “Money For Nothing” dos Dire Straits, a MTV acaba de lançar o site MTV Music, com o slogan “I want my MTV”. Ainda numa fase embrionária, este canal online é a resposta à influência crescente de You Tube e MySpace, que têm relegado a Music Television para um plano cada vez mais secundário.

A principal e mais evidente vantagem, pelo menos para já, é a disponibilização de vídeos em alta resolução. Mas há outra: o retomar da programação clássica da MTV, que volta a atribuir à música e aos vídeos o papel principal, num piscar de olhos a uma geração que há muito se deixou de rever no canal. Não é por acaso que a maioria dos mais de 20.000 clips disponíveis são dos anos 80. Ainda assim, é Britney Spears, literalmente despida de preconceitos, quem lidera a lista dos mais vistos com “Womanizer”.

O passo apenas peca por tardio dado o enorme êxito que têm conhecido os canais de televisão online. Exemplos disso são a Joost (fundada pelos mesmos empreededores que estiveram na origem de Skype e Kazaa) mas, sobretudo, a Hulu, que acaba de celebrar o primeiro aniversário. Esta última, uma parceria entre a NBC Universal e a News Corp, nesta fase infelizmente apenas está disponível nos Estados Unidos.