Mars

Interactive Marketing vs Social Marketing

Publicado em Atualizado em

O que fazem os portugueses na Internet? 1,4 milhões acedem a comunidades virtuais, de acordo com os dados hoje divulgados no último Bareme da Marketest. Um número crescente de pessoas que assume o seu papel de novos media: online, são simultaneamente receptores, transmissores e emissores de conteúdos.Quando se junta essa crescente predisposição para produzir, ou reproduzir, informação, e com a capacidade de a difundir para um número considerável de pessoas, percebe-se o poder da web 2.0.  

Na sua mais pura essência a soma do user generated content com social networks. Como é que as marcas o estão a utilizar em seu benefício? De forma limitada. É o que concluí Jeremiah Owyang, analista da Forrester, no seu último relatório cujo essencial pode ouvir neste podcast

Hoje, ainda é significativo o gap entre interactive marketing e social marketing como observa David Armano.

Contudo, não faltam bons exemplos de marcas que souberam cruzar essa ponte de forma bem sucedida. Alguns exemplos: a BMW no Facebook, SonyBMG com sua artista Alicia Keys no MySpace , a Ford no Hi5 ou a Mars ao criar a sua própria rede.

Anúncios