Cadbury

Dancing Eyebrows

Publicado em

É o novo anúncio da Cadbury – estreou na passada sexta-feira. Depois do gorila a tocar bateria, um dos mais vistos e premiados filmes no ano passado, seguem-se as sobrancelhas que dançam.

O vídeo oficial foi inicialmente divulgado aqui mas rapidamente se disseminou por outras plataformas, somando mais de 300.000 visualizações em três dias.

Tão ou mais interessante que o próprio filme é observar a quantidade de praticantes desta improvável “modalidade” e os dotes que exibem. Basta uma pesquisa por Dancing Eyebrows no You Tube.

Sem gorilas quem toca bateria?

Publicado em Atualizado em

 

Terminada a montagem de “King Kong” o produtor do filme (leia-se, o investidor que o tornou possível) foi convidado a ver o resultado. No final, um comentário entusiasmado: – Brilhante! Tenho apenas um pedido. Podem tirar o macaco, por favor?

 

A história, um quase mito urbano no mundo da publicidade, repete-se cada vez que alguém (o cliente) “arruína” uma ideia (da agência) ao amputá-la do seu conceito central. Voltou a acontecer. Desta vez intencionalmente. O responsável tem um nome: International Fund for Animal Welfare.

 

Capitalizando num dos filmes mais vistos e debatidos do ano – o Gorilla da Cadbury, distinguido com o Grande Prémio do Festival de Cannes em 2008 – escreve-o com as letras todas: um mundo sem gorilas está mais perto do que imagina. 

 

Via Talent Imitates, Genius Steals